Jornal Antena - Encantado RS

Saturday, Apr 04th

Last update03:55:21 PM GMT

Você está na seção:

Coluna Pedro Silveira - edição 274

E-mail

 

 

Brasil de Hoje - II

Após o desenvolvimento da operação Lava-Jato, a qual está, quase num verdadeiro milagre patrocinado pela Justiça Federal, Policia Federal e do Ministério Público Federal, fazendo uma legítima “limpeza” de toda ordem nas administrações orquestradas pelo Partido dos Trabalhadores. A cada dia uma nova denúncia vem ao conhecimento do brasileiro, comunicando que ele foi roubado, saqueado, despojado violentamente daquilo que lhe pertencia por direito de cidadão brasileiro. Onde quer que esteja a mão do governo federal bem perto dela estará a propina, a corrupção, a ladroagem. E não são somente de algumas centenas de reais que somam os roubos praticados, mas sim bilhões de reais. Fortunas bilionárias saqueadas dos nossos direitos, direitos estes consistentes para uma melhor organização da saúde, uma melhor educação, uma segurança pública mais eficiente. Antes da atual operação comandada pelo Juiz Sergio Moro, houve o Mensalão e alguns foram condenados, diante da firmeza, competência e a intrepidez do ministro Joaquim Barbosa, mesmo com indulgências notadas por parte de alguns colegas desse ministro; repiso: Mesmo com julgamento e a condenação da ação penal do Mensalão, olvidando e passando por cima da lei, não outro comportamento mantiveram e mantêm os membros e componentes da facção politica que está no poder já mais de treze anos. Pois nos atos e fatos investigados e comprovados pela Salvadora Operação da Justiça Federal formam um oceano de malfeitorias, de crimes, de saques .
A mídia e os blogs independentes diariamente retratam novos crimes, novos roubos, não se podendo olvidar a remessa de vultosas somas em dólares passados para nações sul americanas: Argentina, Venezuela, Colômbia, Paraguai, Cuba, entre outros, enquanto nosso povo sofria e sofre pela falta de uma organização da saúde, estradas e outras necessidades do nosso povo. Enquanto isto acontecia no tempo do Mensalão, o dono do Poder Executivo, afirmava que: Não sabia de nada; agora nesta carreira da corrupção e roubalheira, a senhora presidenta diz que não rouba e que não possui conta do exterior. Entretanto, não explicam qual o motivo que permitiram que todos estes malfeitos se concretizassem, quando tinham por obrigação impedi-los.
O povo brasileiro forjado que foi em condições aflitivas, de angústia, de sofrimento e de desesperança, quando às vezes este sofrimento transmudava-se em raiva, cólera e furor, saberá
manter viva sua esperança num futuro melhor. Até porque, segundo salientou o deputado Tiririca: “ Pior que está, não vai ficar”

 

Canto da Poesia
Trago mais um trabalho do meu amigo Ademar Agostini, o qual possuir um sensibilidade muito grande, quando passa para as palavras a recomendação de seu coração:

Química do coração
No amor, os sentimentos do nosso coração são únicos. Nem a razão, nem a emoção, nem a inteligência, nem a sabedoria conseguem explicar.
Às vezes, o pensamento até concorda que existem pessoas no mundo mais lindas que a pessoa amada, mas o coração nesta hora se agiganta e diz mais forte respondendo que: o que vale é a química do amor.
Olho no olho, a atração dos lábios, da bochecha, também existe a pessoa mais simpática, mais carismática, mais querida, mas se o coração diz não, nada adianta.
Devemos concordar: beleza é beleza. Amor é amor. O coração só se altera, só dispara se a pessoas vistas no olhar ou no pensamento é a pessoa amada, querida e desejada.
Se a pessoa não for o ego do coração, a grande paixão, o grande amor, mais intenso e único da vida, então, é uma interrogação?
Cada caso é um caso, às vezes o romance não se concretiza, não vinga, mas enganosamente continuamos sonhando, desejando sem futuro.
Amor de parceiro é olho no olho e química no coração, após, a gente conhece qualidades e principalmente defeitos.

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar