Jornal Antena - Encantado RS

Wednesday, Feb 26th

Last update03:55:21 PM GMT

Você está na seção:

Coluna Diego Pretto - Edição 314

E-mail

Aniversário do município: No próximo dia 31 de março, nosso município estará comemorando 103 anos de emancipação política. Minha família fez e faz parte da história de nossa cidade e se sente muito honrada pela confiança que nossos cidadãos sempre nos legaram. Parabéns Encantado, desejamos muitos mais anos de desenvolvimento e progresso!

Inauguração: no sábado passado houve três inaugurações de importantes obras para o município. A rota do desenvolvimento que está há mais de oito anos sendo projetada e esperada; o pórtico da cidade que há quase 20 anos é projetado e aguardado, e o projeto do distrito industrial de Valdastico que foi compromisso de campanha do prefeito e que deverá manter empregos e gerar desenvolvimento naquela localidade.
Inaugurações 2: Infelizmente, a perda trágica e precoce de dois jovens muito queridos por todos na nossa comunidade tirou o brilho da comemoração das inaugurações. Este pesaroso acontecimento refletiu na pequena assistência da população nos eventos citados. Nossos mais profundos pesares às famílias enlutadas precocemente!
Convenção progressista: Sábado ocorreu a pré-convenção dos progressistas, quando escolhemos entre duas lideranças o pré-candidato do partido ao governo estadual gaúcho. Mas de 1.600 convencionais com direito a voto participaram e escolheram o deputado federal Luís Carlos Heinze. Ao final, os dois candidatos declararam estar unidos junto ao partido para enfrentarem as dificuldades econômicas do poder público estadual.
UVB: Em virtude do assassinato covarde da vereadora carioca, no dia 20 de março passado, o ex-vereador encantadense Gilson Conzatti foi entrevistado pelo Jornal Nacional, sendo um dos poucos encantadenses que já estiveram em horário nobre de rede nacional. O ex-vereador encantadense e agora presidente da União dos Vereadores do Brasil levou reflexões importantes acerca da morte de políticos em nosso país, principalmente por violência. Disse também que: “Quando um vereador é morto, junto morre um pouquinho da democracia”.
STF: Que momento nosso país está passando. Enquanto as elites políticas e econômicas dirigentes dos poderes da nação continuam com seus desmandos habituais, não percebem que a população está atentamente assistindo. Uma vez, as altas cortes nacionais e republicanas já foram esteio da constituição e dos maiores interesses da nação. Já foram? Por hora representam os interesses mais mesquinhos e politiqueiros de plantão. Fazendo assim dividimos de vez nossa população: nós, o povo que deve cumprir as leis e os que não precisam cumprir as leis, pois tem ao seu lado o STF.

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com