Jornal Antena - Encantado RS

Wednesday, Feb 26th

Last update03:55:21 PM GMT

Você está na seção:

Adriano Mazzarino - Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 

Coluna do Mazzarino

E-mail

A enchente

A enchente trouxe graves problemas no Vale do Taquari. Passado o drama, algumas crises se ampliaram. Na região de Encantado um profissional liberal, casado, descobriu a força das águas. Teve de mobiliar a casa da filial um e também da filial dois. Mais, eu não conto!

Secretariado de Paulo Costi e José Calvi

O placar eletrônico do momento no secretariado do futuro governo de Paulo Costi e José Calvi é o seguinte: Ivanor Daltoé (Obras), Sander Bertozzi (Agricultura), Jaqueline Costi (Assistência Social), Roberto Turatti (Desenvolvimento), Angélica Schöereder   (Juventude e Turismo), Marino Deves (Saúde) e Rose Mottin Soares (Educação). Na  Administração o nome cotado é Eliane Arbusti Fachinetto ou Tiago Fachinetto. Na secretaria da Fazenda não há uma sinalização concreta. Na chefia de Gabinete são vários nomes, entre eles o de Silvia Signori, a Cida. No Planejamento o nome seria de Eder Boaro (PPS).

Legislativo e Executivo brigam por 8% do orçamento

A independência dos poderes e a respectiva fatia do orçamento é a briga que envolve o atual Legislativo e o futuro Executivo de Encantado.
A Câmara de Vereadores desde 2005 usa de tal possibilidade, amparada em lei oriunda de 1988, que permite que o Legislativo tenha orçamento próprio. Ou seja, os vereadores podem usar 6% do orçamento, podendo a partir de 2009 tal índice chegar a 8%, se a maioria assim decidir.
Isto significa uma verba de aproximadamente  R$ 1,6 milhões de reais num orçamento anual de R$ 25 milhões. Os valores não chegam a atingir os R$ 2 milhões relativos aos 8%, por força de alguns impeditivos legais.
O futuro Executivo, em contra-partida, tenta conter tal decisão, pois  os 8% são fundamentais para movimentar a máquina administrativa. O projeto-de-lei nem tem data para ser votado, mas promete ser a novela de final de ano.

Obras da ciclovia embargada em Jacarezinho

O Daer embargou a obra de construção da ciclovia nas margens da RS 332, em Jcarezinho/Encantado. Segundo o engenheiro coordenador do escritório de Lajeado, Leonardo do Amaral Ribeiro, o ato atendeu determinação do agente fiscalizador que determinou a paralisação no dia quatro de novembro. Entre os motivos apontados está a insuficiência de dados, como por exemplo, a ausência de levantamento topográfico do local. A Prefeitura Municipal foi contatada e até o fechamento da edição não havia se posicionado.

Secretariado de Roca Sales

Os nomes dos secretariáveis da gestão Antônio Valesan e Amilton Fontana estão em processo de escolha. Até o fechamento da edição havia a seguinte tendência:  Lauri Dentee (Fazenda), Agostinho Conzatti ou Renê Severico (Obras), Paulo Luzzi (chefia de Gabinete), Bernardete Severico, Nelda Cofferre  ou Jaqueline Wirtti (Educação), Tatiana Kummer (Turismo), Bruno Horst (Agricultura), Cassiano Vuaden ou Almir Vigolo (Saúde). Moacir Lanzini ou Fabiano Vuaden estão cotados para a assessoria jurídica do Legislativo ou do Executivo.

Causo de churrascaria

O locutor esportivo Pedro Ernesto Denardin, da Rádio Gaúcha, esteve em Encantado e fez uma visita à Cosuel/Dália. No horário de almoço dirigiram-se para uma churrascaria localizada nas proximidades da empresa. Na comitiva, Denardin, os diretores da Cosuel e o comunicador Rudimar Piccinini. No ambiente se integra também o ‘desconhecido’ Luiz Heisller, muito famoso e popular como Django, um dos grandes promotores de eventos da região do Vale do Taquari e Rio Pardo.
O papo corria solto: futebol, setor primário, uma corneta aqui, outra ali. E começa o rodízio de carnes. Entre os primeiros espetos aparece o salsichão. Pedro Ernesto olha para o produto, mira o garçom e pergunta em tom de sacanagem: “É Dália?” E o garçom: “Não, é da Pena Branca!”
Constrangimento geral! Um dos diretores levanta-se, dirige-se ao proprietário para protestar.
Quando o mal-estar havia passado e já tinha virado ironia, todos rumam para o caixa. Lá um dos atendentes, tentando agradar, olha para Django, confunde as bolas e lasca em tom de alegria: “Meu amigo, Dj Tampinha...”. Riso geral na galera...!

Ferri é homenageado na Assembléia Legislativa

A Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Assembléia Legislativa, no dia 12, homenageou o advogado Omar Ferri. Natural de Encantado, Ferri teve decisiva atuação no  caso do seqüestro dos uruguaios Lílian Celiberti e Universindo Diaz. A comissão é presidida pelo deputado estadual Marquinho Lang e a homenagem foi proposta pelo conselheiro do Movimento dos Direitos Humanos, Jair Kirschke.
O caso de repercussão internacional aconteceu em 12 de novembro de 1978 com o seqüestros dos dois uruguaios, em Porto Alegre. Acompanhados de dois filhos menores o casal foi levado para o Uruguai por policiais brasileiros integrantes do Dops. Omar Ferri foi o advogado do casal e lançou o livro ‘O Seqüestro no Cone Sul’.

Novos cargos

  • Em paralelo ao debate, o Legislativo pretende criar os cargos de contador e contabilista. A compra de um automóvel  está nos projetos da mesa diretora e por conseqüência será necessária a criação do cargo de motorista.
    Neste final de semana os tradicionalistas do DTG Guardiões do Rio Grande  e o GAN Anita Garibaldi participam do Enart, em Santa Cruz do Sul. É lá que se reúnem os melhores da cultura gaúcha.
  • Um prefeito da região tem entre seus projetos a compra de uma rádio e um jornal. Mais, eu não conto.
  • Nédio Lorenzini (PMDB) foi convidado a compor o secretariado de Adélcio Sestari (PP) de Coqueiro Baixo. Nédio assumiria a Administração, cargo que já ocupou no município. Em paralelo, foi convidado para permanecer na mesma pasta no município de Arroio do Meio.
  • Os prefeitos Agostinho Orsolin (Encantado), Nilton Rolante (Doutor Ricardo), Leonar Strapazzon (Relvado) e Vanderlei Moresco (Anta Gorda), estiveram em Brasília na semana passada em busca de recursos.
  • O PP de Encantado sai da campanha com todas as suas contas pagas.
  • O Festival da Mentira de Nova Bréscia deverá acontecer entre o final de abril e início de maio de 2009.
  • No sábado, dia 15, o PMDB de Doutor Ricardo faz a Festa da Vitória.
  • O prefeito eleito de Putinga, Valdir Possebon (PP) e os vereadores Mario Bertuol e Claudiomiro Cenci estiveram em Brasília.
  • Em Muçum, Mauri Zílio poderá ser o futuro secretário de Planejamento.
  • O PP Regional esteve reunido na quinta-feira, dia 13, em Arroio do Meio. O evento contou com a presença do presidente da sigla, deputado estadual Jerônimo Göergen, e do secretário da Administração Celso Bernardi.
  • A imprensa da região reúne-se no dia 28 de novembro, em Lajeado, para uma confraternização.
  • Em Relvado mais um nome figura entre os cotados para a futura pasta da Educação: Juciana Grilli.
  • Em Nova Bréscia tramita o projeto de criação de duas secretarias: Assistência Social e Indústria e Comércio. Os nomes cotados, respectivamente, são: Fátima Laste e João Rochembach.
  • Até o fechamento desta edição o vereador de Encantado, Eder Boaro (PPS), não havia recebido nenhum convite para compor o futuro governo.
  • No dia sete de novembro a Câmara de Vereadores de Muçum aprovou a criação de duas novas secretarias: Planejamento e Meio Ambiente.
  • Reni Filter participa entre os dias 21 e 23 de novembro, em Gramado, do Encontro de Papais Noéis.
  • O futuro vice-prefeito de Encantado, José Calvi (PTB), optou por uma nova imagem: retirou o cavanhaque.
  • O radialista Toni Perondi deixou a coordenação de jornalismo da Rádio Encanto/AM. Ele vai prestar serviços à Cosuel.
  • O diretor de Infra-estrutura e Recursos Humanos do Banrisul, Valdir Andres, visitou Muçum esta semana. Deixou escapar que sonha voltar à Assembléia Legislativa.
  • O locutor esportivo Rudimar Piccinini e o comentarista Jacy Pretto passam a atuar na Rádio Independente, de Lajeado, e permanecem na Rádio Encanto/FM, de Encantado.
  • O prefeito de Muçum, Ivanor Morás (PP), informa a coluna através de terceiros que não pretende integrar a futura administração de Tarso Bastiani e Elton Pezzi.
  • Diário Oficial do dia 12/08 publica o Projeto de Lei 278/2007, que torna Arvorezinha a Capital da Cultura do Vale do Taquari. A autoria é do deputado estadual Giovani Cherini (PDT).
Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Página 199 de 199